NOTÍCIAS

Podemos dispensar o travesseiro quando pescoço está muito tenso ou dolorido?

Conheça mitos e verdade sobre o uso do travesseiro.

 

Não basta fechar os olhos, tentar esquecer as preocupações e relaxar o corpo. Existem alguns cuidados que podem ajudar a garantir uma boa noite de sono. Entre eles, usar roupas confortáveis e preferir um ambiente escuro. No entanto, os travesseiros também são indispensáveis para um descanso de qualidade. Os objetos macios são responsáveis pelo apoio da cabeça e por manter a coluna alinhada durante o sono, o que ajudar a melhor a circulação sanguínea e facilita os estímulos elétricos enviados pelo cérebro aos demais órgãos do corpo.

Entretanto, o mau uso do travesseiro pode trazer sérios riscos à saúde. Confira com a consultora do sono Renata Federighi, os erros mais comuns:

Verdade: ler na cama recostado em travesseiros prejudica a coluna.

A coluna sofre se o apoio for volumoso a ponto de fazer com que o queixo toque o peito. Isso tem o mesmo efeito de dormir de barriga para cima com travesseiro muito alto.

Mito: podemos dispensar o travesseiro quando pescoço está muito tenso ou dolorido.

Isso tende a piorar o problema. Sem o travesseiro, a cabeça fica pendurada e força a musculatura. O travesseiro deve apoiar a cabeça em uma altura que se encaixe perfeitamente entre ela e o colchão, formando assim, um ângulo de 90° no pescoço.

Mito: não há problemas em trocar o modelo do travesseiro repentinamente.

É comum haver um certo desconforto nos primeiros dias de uso, já que seu organismo está adaptado ao antigo travesseiro. Trata-se de um processo de adaptação natural, que pode levar cerca de 10 a 15 dias. Se o travesseiro estiver adequando ao seu ao biótipo e postura ao dormir, a recomendação é de que se insista no uso. Caso o desconforto persista por mais tempo, provavelmente o travesseiro está muito alto ou muito baixo e seu uso deve ser descontinuado imediatamente. O travesseiro ideal deve ocupar o espaço exato entre a sua cabeça e o colchão, de forma que o pescoço fique alinhado com o restante da coluna, ou seja, ele não deve ficar inclinado nem para cima e nem para baixo.

Verdade: a melhor posição para dormir é a lateral.

A posição de lado (decúbito lateral) é a mais indicada para dormir, tanto faz se do lado direito ou esquerdo. É aconselhável utilizar dois travesseiros, sendo um, para apoio da cabeça, e o outro, entre os joelhos e os tornozelos. Nesta posição os joelhos devem estar semiflexionados. Pode-se dormir também de barriga para cima. Nesta posição, deve-se usar um travesseiro para apoio da cabeça (não precisa ser muito alto) e outro sob os joelhos, que verão estar semiflexionados para alinhamento e descanso da lombar. Já a posição de barriga para baixo (ou de bruços) não é recomendada por causar flexão e rotação da coluna nas regiões cervical e lombar, podendo comprometê-la ao longo do tempo.

 

 

 

Acesse o link e descubra se estás usando corretamente.

 

  http://zh.clicrbs.com.br/rs/vida-e-estilo/vida/noticia/2013/09/conheca-alguns-mitos-e-verdades-sobre-travesseiros-4268264.html

PUBLICADO EM 27/06/2016
CLIQUE AQUI E CONFIRA OUTRAS NOTÍCIAS!

Voltar uma página

51 3751.1915


HORÁRIO DE ATENDIMENTO
Segunda a Sexta-feira
7:30 às 11:48hs
13:30 às 18hs

Ipê Indústria Textil © 2018 - Todos direitos reservados   |   Desenvolvido por Rock7

Área de acesso  restrita!